Senac

Rio Grande do Sul

Artigo

Gafes?quem nunca?

por Michele Bolsoni Saliba da Costa - Docente do Senac Caxias do Sul

Imagine que você está em outro país, aprendendo sobre a cultura, a língua. Daí, você mete os pés pelas mãos, enfia o pé na jaca ou como se diz em inglês “put your foot in your mouth.” Ah! O aprendizado pela vergonha ninguém esquece. 

Isso aconteceu com uma amiga que estava estudando Inglês no Canadá. A astrologia é algo seguido em muitos lugares do mundo, inclusive no Canadá. No grupo estava sendo discutido os diversos signos do zodíaco e uma das pessoas não tinha certeza qual era o seu. Então perguntou: "Quando você nasceu?”, “Em setembro.”, “Ah, então você é virgem. (So you are a virgin)”, porém em inglês esse signo do zodíaco é virgo não virgin (que seria a tradução mais direta de virgem). Imagina a saia justa! Não preciso dizer que, desde então, todo mundo aprendeu que o signo do zodíaco é virgo! Não esqueça disso você também. 

Quem curte um passeio no campo a cavalo? Andar a cavalo pelo campo, sentir o vento no rosto deve ser muito bom! Pois bem, vamos chamar a pessoa de Ana. Ana recém tinha ido morar em Londres e ainda estava aprendendo Inglês, quando foi trabalhar em um restaurante como ajudante de cozinheiro. Nesse lugar ninguém falava português, o que normalmente é muito bom para quem foi aprender uma língua em outro país. Um belo dia a proprietária veio conversar com os funcionários e perguntou se eles poderiam trabalhar num domingo. Era um evento em uma outra cidade e eles ganhariam um bônus extra. Opa, dinheiro extra sempre é bom! Ana aceitou e foi arrumado transporte para todos. Em seguida, um dos colegas comentou que haviam cavalos lá e custavam vinte libras. Ana pensou: “vale a pena, nunca andei a cavalo, deve ser divertido!”. Chega o esperado dia, eles vão até a cidade, trabalham e daí Ana imagina que agora é o momento: vamos andar a cavalo! Só que não! O dinheiro foi para fazer uma aposta numa corrida de cavalos! Infelizmente o cavalo escolhido não ganhou a corrida e Ana aprendeu a diferença entre “let's bet on a horse” (vamos apostar no cavalo) e “let's ride a horse” (vamos andar a cavalo). 

Quando se está longe de casa, sentimos falta de muita coisa - dos amigos, da família, das comidas. Aquele pastel, uma boa feijoada, um quindim. E lá não tem! Ou seja, você vai ter que aprender a se virar e a cozinhar a comidinha saudosa. João estava morrendo de vontade de comer coraçãozinho de frango, foi em vários mercados e nada. Ele não falava uma palavra de Inglês, mas isso não o impediu de ir à caça pelos coraçõezinhos de frango. João lembrou que tinha um açougue perto do lugar onde ele morava, e pensou “vou ir lá mesmo”. O açougueiro olhou pro João, o João pro açougueiro, e agora? “Bom, posso não saber falar, mas gestos eu sei fazer.”. Foi então que em sua profunda habilidade artística João colocou as mãos embaixo dos braços e imitou uma galinha e em seguida bateu no peito falando: tum-tum-tum-tum. O importante é sempre ser claro na comunicação. João saiu de lá com um saco enorme de corações de frango pela bagatela de cinco libras. A felicidade está sempre mais perto do que esperamos. Só pra ficar claro: coraçãozinho de frango “chicken heart” e em países como Reino Unido ninguém gosta e acaba sendo transformado em ração. 

 

Fiquem atentos para não ficarem em situações de saia justa mas, se acontecer, lembre-se que todo mundo já passou por algo assim.

Serviços da escola
Serviços do Senac-RS
Acessos
Serviços
Institucional
Contato
Top of mind 2018
Top de marketing ADVB 2018
Great Place to Work 2018
Top Ser Humano 2018
Nós apoiamos o Pacto Global
Melhores em Gestão 2018
Utilizamos cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade para melhorar sua experiência em nossos sites e personalizar a entrega de conteúdo do seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com essas condições.